Máquinas CNC ou máquinas Convencionais?

Introdução

Usar uma máquina CNC não significa substituir o operador por um computador, você pode fazer qualquer coisa que se faça em uma máquina CNC em máquinas convencionais. As únicas diferenças em questão de producibilidade são o tempo de produção e a repetibilidade das peças, sendo que em alguns casos a diferença de tempos pode ser considerada infinita, pois a complexidade das peças pode exigir um empenho sobre-humano do operador.
Falando desta maneira pode-se até entender que o ganho do CNC sobre o convencional não é tão grande, porém isso é um grande equivoco, pois a partir do advento do CNC foi possível criar peças com geometrias de extrema complexidade em tempo recorde, peças, cuja fabricação era possível apenas nas mãos experientes de um exímio mestre modelador.
Podemos perceber isto nas linhas aerodinâmicas dos automóveis modernos com formas complexas e bonitas que se alteraram com muita rapidez. No inicio da fabricação dos automóveis em série, os modelos T de Henry Ford, por exemplo, todos os carros eram iguais e da mesma cor, o consumidor era obrigado a optar entre comprar aquele carro que todos tinham ou ficar sem. Hoje a colocação de um novo modelo é tão rápida, que o consumidor se sente às vezes até incapaz de se decidir qual escolher.
Neste sentido, eu me atrevo a dizer que hoje em dia, possuir máquinas convencionais ou CNC, esta diretamente relacionada entre ter perspectivas ou não para o futuro. Outro ponto importante é o fato que as máquinas CNC estão tendo seus preços reduzidos pelo próprio aumento da demanda.
É importante planejar muito bem quando se deseja implantar máquinas CNC em um parque pré-existente de máquinas convencionais, ou mesmo, montar um parque de máquinas CNC a partir do zero. O lucro é certo, se toda estratégia for bem estipulada. Tal planejamento exige estudos de:

· Pesquisa do tipo de máquina que o mercado ou a própria empresa anseia;
Empresas que fornecem exclusivamente serviço de usinagem precisam estar atentas aos anseios de seus consumidores, tais como complexidade geométrica, precisão, tamanho e tempo de resposta das peças, exigidos por eles assim como volume de produção dos mesmos. Analisando estes itens saberemos determinar o tipo de máquinas que iremos precisar.
Por outro lado, se o setor de usinagem for um membro da empresa, e os serviços de usinagem fizerem parte da concepção do produto desta empresa, o estudo pode se definir mais facilmente, pois podemos encontrar na própria empresa as perspectivas necessárias para a definição do tipo de máquina ideal.
· Análise de custo x beneficio das máquinas elegíveis;
Neste momento conhecemos o tipo de máquina que estamos querendo. Precisamos então estudar o que o mercado nos oferece a esse respeito, as máquinas disponíveis ou até adaptáveis as nossas necessidades, analisar enfim os custos e benefícios de cada item do mercado que se encaixem em nossas necessidades.
· Assistência apropriada à implantação desta tecnologia.
Talvez este item seja o mais importante e deveria constar como coadjuvante dos outros itens, pois quando uma empresa pretende ampliar seus horizontes munindo-se de tecnologias avançadas, é importante que pessoas experientes no ramo sejam consultadas, pois isto pode, sem dúvida, ser a diferença entre o lucro e o prejuízo.
Temos conhecimento de empresas que tentaram resolver este problema de forma "caseira", ou até mesmo acreditando em vendedores de máquinas. Em pouco tempo tiveram seus negócios prejudicados e, em alguns casos, chegaram à falência.
Esta assessoria torna-se imprescindível para instalação da máquina e suporte à produção nos primeiros meses de implantação. Conhecendo o nível de investimento e aplicação dos recursos pode-se planejar a melhor maneira de se integrar aos sistemas fabris o novo meio produtivo. Em poucas palavras, para um sistema completo, do projeto à peça pronta em máquina CNC, torna-se necessária a aquisição e implantação de alguns sistemas que se integrem e facilitem a flexibilização do sistema como um todo, são eles:
- Sistema de programação CNC - CAD/CAM
- Sistema de simulação - Manufatura Digital
- Pós-processador
- Sistema DNC - gerenciamento e transferência de programas (rede) para a máquina

Todos estes sistemas, hardware e software, precisam ser compatíveis.Outro item imprescindível é a adequação da nova máquina ao layout da fabrica, que precisa ser estudado já na época da aquisição, pois neste instante se tem uma dimensão do novo equipamento e um bom layout leva tempo para ser planejado e implantado.
Além dos recursos físicos e eletrônicos descritos no sistema macro acima, é muito importante a preparação dos recursos humanos, visto que esta tecnologia exige pessoal especializado, no projeto, programação, operação e serviços de suporte (porém o item de serviços de suporte pode ser terceirizado com maior facilidade).

Constituição básica de uma máquina CNC:

· A máquina em si. É a parte mecânica, o que antes era a máquina convencional, ou ainda conhecido por alguns como a cinemática do CNC.

· O Comando ou Controle Numérico. É o equipamento responsável pela interpretação do programa CNC e tradução em comandos que são enviados ao PLC* aos microswitches* para acionamento dos eixos. É ainda responsável pelo gerenciamento da interface da máquina com o operador - display, botões, acionadores, etc.


· Os PLCs auxiliam os controles nos cálculos matemáticos, controlador lógico programável, também chamado CLP ou controlador programável, é um dispositivo de computador que controla equipamentos em oficinas industriais. Os quantidade de equipamentos que os PLCs podem controlar são tão variados quanto as instalações industriais deles. Sistemas de transportador, linhas de máquinas de processamento de alimentos, máquinas CN e até mesmo um sistema de elevadores prediais, provavelmente haverá um PLC para controlar estas coisas. Em um sistema de controle industrial tradicional, todos os dispositivos de controle são enviados eletrônica e diretamente de um para outro de acordo com como é suposto que o sistema opera.


· Os servo-motores giram na velocidade e tempo necessários para que cada eixo atinja os valores de posição e velocidades, estipulados em cada bloco do programa CNC.

 

Todo estes sistemas funcionando sincronizados formam a máquina CNC.

Usamos aqui uma linguagem muito simples para que o maior número de pessoas possam entender com facilidade este mecanismo que não tem nada de simples, citamos os componentes básicos, porém muitos outros componentes formam esta pérola da tecnologia.

Comentários e conclusão:

O Comando Numérico nasceu e sua aplicação é maior em máquinas de usinagem, porém vem se ampliado de tal forma que praticamente não existe campo nos meios fabris que não tenham sido atingidos por esta tecnologia. Empresas, principalmente as de transformação de metais, que pensam no futuro não podem deixar de planejar suas atividades sem considerar a tecnologia CNC, pois isso pode significar a diferença entre a continuidade e a extinção. Como a implantação de qualquer nova tecnologia exige conhecimento, é importante que estes investimentos sejam feitos consultando-se quem já convive com estes meios há tempos.
As tecnologias emergentes relacionadas à informática vêm se popularizando de tal forma que algumas coisas acontecem tão rápido que nós não damos conta que isto às vezes já ocorreu. Por exemplo, quem diria a seis ou sete anos que poderíamos ter na casa de pessoas comuns um aparelho de gravar CDs ou uma impressora com qualidade fotográfica, uma verdadeira gráfica domiciliar? Outro exemplo é a internet, a maior biblioteca do mundo e todos nós podemos tê-la.
Se em casa temos estes avanços, quem diria nas industrias. Sem dúvida temos que nos munir de muita tecnologia se quisermos continuar no mercado.Ter máquinas avançadas tecnologicamente não é "luxo" mas sim necessidade para sobrevivência.

Legenda:
* PLC è Programmable Logical Computer (CLP computador lógico programável)
* Microswitch è chaves ou válvulas eletromecânicas acionadas por impulsos eletrônic

Home | Fale Conosco | Histórico | Artigos | Links | Downloads | Tutoriais & Vídeos | Classificados

Copyright © 2008 - Mundo CNC - Todos Direitos Reservados.